#Pracegover foto: na imagem há mulheres com unhas feitas
#Pracegover foto: na imagem há mulheres com unhas feitas

Uma simples ação ocorrida nos últimos dias chamou a atenção de diversos moradores e de pessoas que passavam pelo bairro Vila Flor, em Capivari de Baixo. Um homem, João Vitor Depieri, de 22 anos, passava de casa em casa entregando um cartão e junto um bombom.

No cartão entregue pelo jovem havia o nome da designer de unhas, Bianca Depieri e o número do telefone da profissional. Bianca e João Vitor são casados e esta foi a forma em que ele encontrou de divulgar o trabalho da esposa. Casal que trabalha junto tem mais oportunidades de crescimento.

Bianca conta que conheceu o esposo no início de 2019 e em dezembro daquele ano eles já estavam casados. “Em 2020 foi o ano da reviravolta, ele deixou um emprego de 5 anos para estudar e trabalhar com o que ama. Sempre apoiei, pois acredito que devemos  trabalhar com o que amamos fazer!”, explica.

A jovem começou a fazer unhas em 2016, em Urussanga, onde morava. Ela expõe que desde o início os pais a motivaram e apoiaram a seguir carreira. Dois anos depois, ela ingressou no curso de enfermagem na Unisul, na Cidade Azul. Bianca tem o objetivo de fazer no futuro uma pós graduação em estética para aperfeiçoar o seu conhecimento sobre  área junto com a saúde das pessoas. Segundo ela não apenas para o ’embelezamento’ das unhas.

O casal reside atualmente na cidade termelétrica e há dois meses a mulher decidiu montar o espaço na sua residência. “Meu esposo e meus pais entraram de cabeça comigo, principalmente o João que decidiu sair de casa em casa entregar os meus cartões, porque a nossa relação como marido e mulher, é de 100% parceria! Enquanto estou realizando as minhas funções no hospital, ele foi de casa em casa fazer as divulgações. A nossa união é a base de tudo”, assegura.

A designer conta que mesmo com a mudança de Urussanga para Capivari de Baixo e trabalhando no hospital, estudando enfermagem, ela nunca deixou de fazer as unhas e muitas vezes nem cobrava das pessoas. “Fazia para não perder a prática e por sentir prazer em embelezar as unhas das mulheres. Graças a Deus hoje tenho o meu espaço novamente. Uma mulher com a unha feita é uma pessoa com alta estima elevada, que demonstra cuidado de si e amor próprio. Fico feliz em poder contribuir com o meu trabalho!”, finaliza.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul