Um filhote de cachorro cor-de-rosa chamado ‘Piglet’ (em referência ao personagem “Leitão”, de Ursinho Pooh) tornou-se um símbolo de aceitação e inclusão para as crianças nos EUA.

Segundo sua dona, Melissa Shapiro, o cachorrinho hoje vive como um ‘pequeno príncipe’, mas sua jornada até aqui foi recheada de obstáculos e dificuldades. Piglet nasceu surdo e cego em um abrigo com outros 37 filhotes.

Mistura de dachshund (o popular salsicha) com chihuahua, ele foi encaminhado de um abrigo de cães da Geórgia para Connecticut, devido à superlotação do lugar.

No novo abrigo, foi descoberto e adotado por Melissa Shapiro, uma médica veterinária que se apaixonou pela coloração pouco usual e simpatia do filhote.

Adoção e processo de adaptação

“Foi uma decisão muito importante em minha vida [adotá-lo]. Eu trabalho grande parte do dia, então seria um desafio cuidar bem dele, ainda mais devido às suas necessidades e limitações”, disse Melissa ao portal People. “Mas ele é tão fofo, sem dúvidas foi uma das melhores decisões que tomei na vida.”

Piglet se tornou o sétimo integrante da casa, juntando-se a outros 6 cãezinhos que Melissa adotou anteriormente.