O cantor do famoso grupo de música pop indonésio Seventeen enterrou sua mulher nesta terça-feira (25), em uma tragédia provocada pelo tsunami de sábado (22), que também matou seus companheiros de banda quando a onda gigante atingiu um show ao ar livre.

O vocalista Riefian Fajarsyah publicou um vídeo nas redes sociais do momento que toca o caixão de sua esposa, Dylan Sahara, atriz de TV muito famosa no país, em sua cidade natal de Ponorogo, na zona leste da ilha de Java.

“Como posso viver sem você, Dylan Sahara?”, escreveu Fajarsyah em sua conta no Instagram.

“Obrigado amigos por suas orações. Apenas Deus pode recompensar a bondade de vocês. Por favor rezem por minha mulher, Dylan, para que esteja em paz”, completou.

Sahara, que seria candidata ao Parlamento nas eleições de 2019, foi identificada no hospital na segunda-feira, informou a imprensa indonésia.

Filha de um conhecido político, Dylan Sahara assistia ao show do grupo Seventeen no resort Tanjung Lesung, no extremo oeste de Java. No dia da apresentação e da tragédia, ela completou 26 anos.

Na segunda-feira aconteceram os funerais do baixista e do guitarrista da banda, assim como do empresário e de um integrante da equipe técnica, todos mortos no desastre.

Fajarsyah, 35 anos, foi o único membro sobrevivente do Seventeen, que já lançou seis álbuns e tem muitos fãs entre a maioria muçulmana da Indonésia.