Karen Novochadlo
Tubarão

Se o tempo colaborar, o novo canil estará pronto até o fim do mês. As paredes já foram levantadas e em breve poderá ser colocado o telhado. Ainda falta a construção do gatio e concluir o centro administrativo. O prazo para o término total do Centro de Controle de Zooneses é o fim do ano.

Para a conclusão do centro administrativo, faltam a instalação das janelas, do contrapiso e piso, além da pintura, parte elétrica, encanamentos e acabamentos. A casa abrigará toda a infraestrutura para o funcionamento do CCZ: sala de eutanásia e de esterilização, despensa, três baias para recuperação, um centro pós-operatório, banheiros e cozinha para os funcionários, lavanderia e farmácia, além de outras salas de apoio.
A estrebaria já está pronta, mas ainda não foi entregue. Isso só será feito quando tudo estiver concluído. As obras são executadas pela empresa vencedora da licitação, Madecril, de Capivari de Baixo.

Para o funcionamento do CCZ, é necessário também criar um projeto de lei para especificar como será realizado o trabalho, entre outras questões legais. O projeto já está em desenvolvimento.
Para completar, é preciso levantamento financeiro de quanto o município terá que dispensar mensalmente para o funcionamento do local. Ainda é necessário efetuar uma série de licitações para compra de material e equipamentos.

Não ao abandono

O Centro de Controle de Zoonoses servirá como um abrigo provisório para animais que vivem na rua. Especialmente os doentes, que se transformam em vetores de várias enfermidades, como a tuberculose e a raiva, por exemplo.
O município ainda define como será o funcionamento do CCZ. Por enquanto, a ideia principal é fazer a castração de cada bicho que for recolhido. Depois de esterelizado e bem alimentado para ficar bonitão, o animal será colocado para adoção.

Mas, se o seu charme não for suficiente para conquistar uma família humana, ele será novamente solto. Não há como o CCZ cuidar de um cachorro por anos.
A prefeitura também estuda a possibilidade de realizar um convênio com municípios vizinhos, como Capivari de Baixo, para usufruírem do espaço e também ajudarem na manutenção.