Amanda Menger
Tubarão

A implantação do canil municipal de Tubarão deve demorar. A minuta de um projeto arquitetônico apresentado ontem é para uma área maior do que o terreno inicialmente escolhido, localizado ao lado do cemitério Horto dos Ipês, em uma área pertencente à secretaria de agricultura da prefeitura.

“Esta foi a melhor reunião que tivemos, ao menos eles (representantes da prefeitura) admitiram que precisam conversar sobre o assunto. Discutimos o projeto apresentado e também o fato de ter um sambaqui no terreno. O problema é que o local analisado e utilizado na minuta de projeto é diferente, fica ao lado do Horto. Assim, o projeto voltou praticamente à estaca zero”, relata o presidente do Movimenta-Cão, o engenheiro civil Francisco Beltrame.

O projeto apresentado prevê uma construção modular, com cerca de 2,5 mil metros quadrados. “Para isso, o terreno precisaria de no mínimo cinco mil metros quadrados. Como o local é diferente do apresentado, será necessário fazer um novo levantamento topográfico. Além disso, tem a questão do sambaqui. A prefeitura diz que cercará a área, mas não é tão simples assim”, observa Beltrame.
Durante a reunião, a arqueóloga Deisi Scunderlick Eloy de Farias apresentou alguns documentos. “Para cercar, é preciso delimitar a área e isso é feito mediante alguns estudos. Quem faz isso é o Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan)”, afirma Beltrame.

O chefe de gabinete do prefeito, Evaldo Tonelli, comprometeu-se em viabilizar o projeto. “É essencial seguirmos as normas e caminharmos conforme a lei. São muitas as instituições envolvidas, como a Fatma (Fundação do Meio Ambiente), Iphan, a Defesa Civil, ONGs e prefeitura”, destaca Evaldo.

Ajuda
A readequação do projeto e a implantação devem levar mais alguns meses. Beltrame solicitou que a prefeitura agilize o convênio com a ONG para auxiliar os cuidadores. “Evaldo ficou de nos dar um retorno sobre isso na próxima semana. Essa é uma forma de mostrar que eles estão preocupados em resolver o problema dos cães de rua”, diz Beltrame.

Canil municipal
O projeto do canil é para abrigar 600 cães. Outros animais abandonados como gatos e cavalos também poderão ser recolhido ao local.