O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Comunicação (Secom), lança nesta quinta-feira (2), uma campanha de alerta para a prevenção às doenças respiratórias, especialmente com a chegada das baixas temperaturas. A peça que será veiculada em televisão aberta reforça a importância para a população do uso de medidas de proteção como a etiqueta da tosse, higienização das mãos, ambientes ventilados e vacinas disponíveis, que previnem o agravamento de doenças respiratórias como a Influenza e a Covid-19.

O médico infectologista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), Fábio Gaudenzi, reforça que as medidas de proteção são fundamentais para evitar a disseminação e o agravamento das doenças respiratórias. Idosos, crianças e imunocomprometidos são os mais vulneráveis. Gaudenzi explica que, com a chegada do frio, as pessoas tendem a ficar mais tempo aglomeradas em ambientes fechados, o que aumenta a circulação dos vírus respiratórios e a transmissão. “Neste caso, medidas simples ajudam a evitar problemas. É muito importante fazer o uso da etiqueta respiratória usando lenço de papel para cobrir tosse e espirros, higienizar as mãos com frequência, e usar máscara de proteção, especialmente nos ambientes fechados”, frisa o infectologista.

Outros cuidados, como a atualização do calendário vacinal, também são importantes. Gaudenzi aponta para o uso das vacinas da Influenza, da Covid-19 e da pneumonia, para idosos, principalmente. Outro alerta é sobre diagnóstico e tratamento corretos. “Estando com sintomas, as pessoas devem procurar assistência para avaliação, diagnóstico e tratamento adequados. Se possível, é recomendado também se afastar de atividades no trabalho e na escola, por exemplo, para diminuir a disseminação dos vírus entre a população”, orienta.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Governo de Santa Catarina