Tubarão

A campanha nacional de vacinação contra a influenza deste ano, do Sistema Único de Saúde, será ampliada. Além de idosos e população indígena, atendidos desde 1999, serão imunizadas crianças entre seis meses e dois anos, gestantes e profissionais da saúde.

A vacina a ser distribuída protege contra os três principais vírus que circulam no hemisfério sul, entre eles o da influenza A (H1N1). A campanha ocorrerá de 25 do próximo mês a 13 de maio, em 65 mil unidades de saúde em todo o país.

No sábado seguinte ao início da campanha, 30 de abril, ocorrerá o Dia de Mobilização Nacional. A vacinação dos pequenos também será diferente nesta edição. Os pais devem levar as crianças duas vezes aos pontos de vacinação.

Isto porque elas receberão meia dose de cada vez. A segunda aplicação deverá ser feita 30 dias após a primeira. Ao todo, serão distribuídos cerca de 33 milhões de doses da vacina contra a influenza, ao custo de R$ 229 milhões.

Quem será vacinado
• Toda a população com 60 anos ou mais anos;
• Toda a população indígena (acima de seis meses de vida);
• Crianças com idade entre seis meses e dois anos;
• Gestantes e profissionais de saúde.

Contraindicações
• Não deve tomar a vacina quem tem alergia à proteína do ovo.
• Pessoas com deficiência na produção de anticorpos, seja por problemas genéticos, imunodeficiência ou terapia imunossupressora, devem consultar o médico primeiro.