Um crime ambiental contra a fauna aconteceu no interior de Camboriú com a morte de mais de 300 pássaros silvestres que foram mortos por envenenamento de uma plantação de arroz, uma pessoa foi autuada por crime ambiental fato ocorrido nesta quarta-feira (29). 

A Polícia Militar de Camboriú, com o apoio da Fundação do Meio Ambiente (Fucam), encontrou mais de 300 pássaros mortos numa ação em conjunto , a principio seria aferição de medição topográfica de um terreno do Projeto Parque Inundável. No portão de acesso, foi tentado contato com o morador do local, mas sem sucesso. 

Próximo ao portão de entrada, os policiais militares e o funcionário da Fucam visualizaram alguns pássaros mortos, momento em que entraram no terreno. Outras aves na mesma situação foram avistados perto de uma árvore. 

Alguns pássaros foram coletados para análise. Há a suspeita de que as aves foram contaminadas em uma plantação de arroz que poderia estar envenenada. O suposto responsável pelo terreno foi qualificado pelo crime ambiental contra a fauna.