Bertoldo Weber
São Ludgero

A primeira reunião deste ano do legislativo de São Ludgero não poderá ocorrer no prédio da câmara. Com o incêndio criminoso ocorrido no ano passado, as sessões serão feitas, provisoriamente, no auditório da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero). A reforma na Casa deverá ficar pronta somente no fim deste mês. Os trabalhos iniciam dia 11.

E já que a câmara teve que ser praticamente toda reformada, os vereadores resolveram aproveitar a obra para efetuar algumas melhorias na estrutura. Uma das mudanças será quanto à área de acesso. Antes a entrada ficava no fim do prédio. Agora passará para a lateral e, provavelmente, uma rampa será construída para que todos os cidadão tenham acesso.

O plenário também deverá ser modificado: ficará na parte da frente do prédio, enquanto as salas e gabinetes ficarão nos fundos. Um banheiro, além do que já existe, será construído. Também serão erguidos duas salas para comissões, uma recepção, um arquivo e um almoxarifado. “Muito pouco do que sobrou dos móveis e equipamentos será aproveitado. Tudo será trocado, inclusive o plenário”, explica o secretário executivo da câmara, Amilton Becker (PSDB).

Já a documentação da Casa, por sorte, não virou cinza. “Os documentos mais importantes estão intactos e salvos”, tranqüiliza. As obras são realizadas pela construtora Dandolini. O investimento será de aproximadamente R$ 120 mil. “Uma parte da verba será adiantada pela prefeitura. Depois a câmara devolverá”, esclarece o secretário.