Coordenadores do programa de imunização e dos ESF dos 14 municípios abrangidos pela 20ª gerência regional de saúde, reuniram-se para discutir as estratégias para a campanha de vacinação contra a influenza deste ano
Coordenadores do programa de imunização e dos ESF dos 14 municípios abrangidos pela 20ª gerência regional de saúde, reuniram-se para discutir as estratégias para a campanha de vacinação contra a influenza deste ano

 

Angelica Brunatto
Tubarão
 
O frio já está aí, e com ele aparecem também as doenças respiratórias, comuns principalmente em idosos e crianças. Para garantir a saúde da população, a gerência regional e as secretaria municipal de saúde já organizam mais uma campanha contra o vírus da influenza, a gripe comum.
 
O planejamento é feito para assegurar que toda a população alvo receba a dose da vacina. A 14ª Campanha Nacional Contra a Influenza será entre 5 a 25 do próximo mês. A meta na região é imunizar 80% de cada grupo.
“Nos 14 municípios atendidos pela 20ª gerência, há 35.591 pessoas que devem receber a dose da vacina”, antecipa a coordenadora regional da campanha, Janete Zandomênico.
 
A população atingida pela campanha são os trabalhadores da área da saúde, as gestantes, crianças  com idade entre seis meses a um ano e onze meses e pessoas com mais de 60 anos.
 
Para definir a forma de trabalhar e garantir que a campanha transcorra com tranquilidade, os quase 50 coordenadores de setores de imunização e dos ESF da região reuniram-se para discutir as normas técnicas e as estratégias para que todas as cidades alcancem a meta de vacinação.
 
A regional também já distribuiu 47 mil seringas e agulhas. “Mapas, boletins e cartões para o registro das doses aplicadas também já foram entregues”, enumera Janete. A distribuição das vacinas ocorrerá assim que forem liberadas pela gerência estadual de imunização.