Laguna

Há um mês, familiares e amigos da moradora de Laguna, Fernanda Eloase Chefer, de 22 anos, iniciaram uma campanha nas redes sociais e no site vakinhavirtual #Todospela FernandaEloase. A iniciativa já havia sido divulgada pelo Notisul. O foco é arrecadar recursos para a jovem realizar procedimentos cirúrgicos nos próximos meses. Fernanda foi diagnosticada com Epifisiólise Bilateral. Uma doença que se caracteriza pelo deslocamento do colo do fêmur em relação à epífise femoral, ou seja, é o escorregamento da cabeça do fêmur na bacia. Por ser pouco conhecida popularmente, a enfermidade é facilmente confundida com dores musculares e ósseas.

O intuito da jovem e de seus familiares e amigos é juntar cerca de R$ 60 mil para a realização do procedimento cirúrgico. Como estão previstas duas intervenções cirúrgicas, de acordo com Fernanda falta pouco para que a primeira ocorra. “Nos últimos dias, meus amigos realizaram um pedágio e, com o dinheiro da vakinhavirtual, com o depósito em conta e o café beneficente que ocorrerá no dia 25 do próximo mês, acredito que faltará pouco para fazer a intervenção cirúrgica de um lado. Estou bem confiante”, conta.

Ela expõe que durante muito tempo, a sua situação foi tratada como fratura. Há mais de dez anos colocou parafusos nos quadris. No entanto, somente em novembro passado, foi diagnosticada com Epifisiólise Bilateral, devido à constatação tardia da doença, ela atinge um quadro de artrose precoce. “Minha cirurgia custa cerca de R$ 30 mil cada lado. O procedimento será feito na Santa Casa, em Porto Alegre. Estamos tentando conseguir custear as duas cirurgias pela campanha, mas também agora tenho o apoio de um advogado e buscamos ao menos um dos procedimentos por meio judicial. Após matéria veiculada pelo Notisul, no mês passado, alcançamos muitas colaborações. Com o café beneficente, precisamos de doações de tortas, bolos e salgados, por exemplo”, pede.

A jovem mora com a família no centro da Cidade Juliana, e eles não possuem recursos para custear os procedimentos. Por isso, precisam da ajuda de doadores para tentar realizar o seu sonho, que é passar se recuperar. As causas da doença ainda não foram totalmente esclarecidas. Mas, costuma-se atribuir a epifisiólise a um desequilíbrio endócrino, microtraumas ou à obesidade. Acredita-se que o enfraquecimento da placa que une o colo com a epífise femoral é, mais frequentemente, causado pela ação de determinados hormônios. A faixa de incidência mais importante da doença é entre os 10 e 14 anos, para ambos os sexos. Os sintomas mais comuns são: dor na virilha, que pode irradiar para a face interna da coxa até o joelho, marcha em rotação externa do membro inferior e, quanto mais acentuado o desvio da cabeça do fêmur, o paciente terá maior dificuldade na mobilidade do quadril e mais dor.

Campanha

A campanha está no site vakinha.com:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/todos-pela-fernanda-eloase-fernanda-eloase-chefer-de-sousa.
Além de uma conta para depósito na Caixa Econômica Federal (CEF):
• Fernanda Eloase Chefer
• Agência: 0421
• Operação 013
• Conta Poupança: 115565-3
O contato pessoal de Fernanda é 996927571.