#Pracegover Foto: na imagem há um cão
#Pracegover Foto: na imagem há um cão

Nos últimos dias as temperaturas estão se apresentando elevadas em Santa Catarina. Em algumas cidades, por exemplo, os termômetros ficaram próximos dos 40ºC. Se para os seres humanos muitas vezes o calor é insuportável, imagine para os gatos e cães que são cobertos de pelos e que vivem nas ruas.

Recentemente, a moradora e comerciante de Braço do Norte, relatou em uma rede social o ‘feito’ do cão de rua Batata, conhecido no comércio braçonortense. “13h e estávamos lá em cima descansando. Escutamos a porta se mexer e pensamos que seria apenas o vento No entanto, o barulho continuou. Descemos porque poderia ser algum cliente. Antes mesmo de deixar o primeiro piso e irmos para o térreo escutamos um latido, era o Batata. Ele queria água e estava impaciente. Abri a porta e ele logo nos conduziu ao bebedouro”, conta a comerciante.

A moradora de Braço do Norte pontua que não entende como muitos podem falar que os animais não têm sentimentos e são considerados como irracionais. “Mesmo em silêncio como ele cheirou que estávamos lá em cima? Como sabia que bastava bater na porta para ser atendido? Como sabe que aqui sempre ganha água, já que ‘currica’ a cidade toda?, questiona.

Ela brinca que não foi o comércio de Braço do Norte que adotou o Batata, mas que o cão adotou o comércio da Cidade do Vale. “Uma vez envenenaram ele. Outra, porém ficou bem doente ,mas aí os funcionários da Giovanna maquiagem/ bijuteria e os demais trabalhadores do comércio fizeram vaquinha e pagaram o tratamento. Atualmente ele está ótimo, bem gordinho, bem saudável e bem confiado. Muito melhor que vários cães que possuem dono e uma casa fixa”, expõe.

Vale destacar que a época do ano mais esperada pelos seres humanos nem sempre é tão bem-vinda para os animais, especialmente os cães. No verão as altas temperaturas incomodam os peludos e é responsabilidade dos tutores e de todos  amenizar a vida dos pets. Quando eles estão com calor, dão alguns sinais. Boca aberta o tempo todo, respiração ofegante e dificuldade para caminhar são comuns nessa época. Algumas raças mais sensíveis podem apresentar hipertermia, pressão baixa, vômitos, insolação e até mesmo câncer de pele.

Para evitar esses sintomas nos seus animais de estimação, é preciso adotar alguns cuidados. Eles  precisam de uma alimentação leve e de muita água. Além disso, é preciso que os pets estejam com as vacinas e vermífugos em dia.

O forte calor e a umidade compõem o ambiente perfeito para a ação das pulgas e dos carrapatos em cães e gatos. Além da dermatite alérgica, causada pela picada das pulgas, a tênia também é transmitida pelas pulgas aos animais. Já os carrapatos podem transmitir erliquiose, babesiose e febre maculosa, zoonose que pode ser fatal também para as pessoas. Portanto, é essencial que o seu cão esteja com os medicamentos ou métodos de profilaxia em dia.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul