O corpo do empresário Djalma Marcelino, 43 anos, será sepultado neste domingo (28), às 9h30, no Cemitério Municipal, em Braço do Norte. Para evitar aglomeração, as cerimônias de velório e sepultamento deverão respeitar as medidas restritivas do decreto municipal.

O empresário é uma das mais recentes vítimas do coronavírus em Braço do Norte. Ele estava internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão e faleceu na tarde deste sábado (27).

Ele estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o final do mês passado, por causa da Covid-19. Amigos, colegas e familiares do empresário, todos os dias se ‘juntavam’ em suas casas em oração pedindo pela recuperação do empresário. Djalma é empresário do ramo de entretenimento e voluntário em inúmeras obras sociais em Braço do Norte. Ele deixa esposa, filhos e netos.