Braço do Norte chegou a 233 infectados e três mortos pelo novo coronavírus (Covid-19), segundo balanço da Secretaria Municipal de Saúde (SES), neste sábado (27). Em 24 horas foram 21 novos casos da doença e após dois meses sem registro de óbito, o empresário Djalma Marcelino, de 43 anos, neste sábado, foi a terceira vítima do coronavírus no município.

Além dos 56 casos confirmados de Covid-19, o setor de epidemiologia da Cidade do Vale monitora 46 pacientes e há 66 casos suspeitos. Foram realizados 1210 exames e descartados 911 testes. Entre os casos confirmados nas últimas 24 horas está o prefeito Roberto Kuerten Marcelino, Beto. Na cidade 175 pessoas estão recuperadas da doença.

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos das prefeituras, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas. Aulas em escolas e universidades estão suspensas por tempo indeterminado. A maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral seguem com algumas restrições.

Lavar as mãos de forma correta, uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença. É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar).