Liliane Dias
Braço do Norte

Só este ano, 42 famílias deverão ser beneficiadas, tanto em construção quanto em reformas de residências rurais. O primeiro grupo, com 20 famílias, assinou o convênio este mês. O recurso do Programa de Habitação Nova Morada é proveniente do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) Calção e Financiamento. O segundo, pertencente à outra linha de financiamento, o Fundo de Desenvolvimento Solidário (FDS), deve assinar no último trimestre.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Braço do Norte, Adriano Shurhoff, explica que é trabalhado nos projetos há mais de um ano e é direcionado apenas a agricultores associados ao sindicato. “Em Braço do Norte, esse foi o primeiro e, em breve, outras famílias serão beneficiadas. No último trimestre, será um financiamento de R$ 12 mil, com 20 anos para pagar e juro zero”, adianta o presidente.

O projeto
Das 20 casas, 16 serão reformadas com valor de R$ 6,5 mil e quatro construídas no valor de R$ 8.084,00. A contrapartida depositada pelas famílias varia de R$ 2.250,00 a R$ 3 mil, dependendo da renda.
Nas próximas semanas, as famílias deverão ter os recursos liberados para que as obras iniciem.

“Eles compram o material e prestam contas (através das notas) na Caixa Econômica Federal, que efetua o pagamento diretamente à empresa”, detalha. O programa é um pontapé inicial para incentivar as famílias de baixa renda que moram no meio rural.