#Pracegover foto: na imagem há uma mulher e um homem
#Pracegover foto: na imagem há uma mulher e um homem

A ex-professora Iodolina Fornaza, de 86 anos, morreu nesta quarta-feira (17) em decorrência de uma infecção. Ela era viúva do ex-empresário e fundador da Braçonortense Transportes, Lírio Fornaza.

Em Braço do Norte, dona Iodolina era conhecida por varrer e lavar a calçada de sua casa e além disso, ela fazia este trabalho nas residências dos vizinhos. A ex-docente realizava este trabalho em uma quadra.

Iodolina teve três filhos, Álvaro, Hercília; a Tuca, e Cecília; a Cilinha. A idosa era cunhada do ex-prefeito de Braço do Norte, Ladir Fornaza (in memoriam). O sepultamento de Iodolina ocorreu nesta quarta-feira no final da tarde.

O advogado e amigo da família, André Volpato, lamentou a perda nas redes sociais. “Lamento muito pela perda de Dona Iodolina. A vida não dura para sempre, mas nunca estamos preparados para perder as pessoas que amamos e percebo que este seja um momento triste e difícil para toda família Bocardo e Fornaza. Agora é necessário ter coragem. O ideal é não pensar na falta que Dona Iodolina fará em suas vidas, mas reflitam no sentimento que unia vocês e em tudo que aprenderam com ela, pois escreveu em sua história de vida profana e profissional seu legado de esposa, mãe e avó. Dona Iodolina deixou muitas lições e ela continuará presente para sempre cada vez que o recordarem com admiração e carinho. Minhas sinceras condolências! Descanse em paz!”, escreveu.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul