Liliane Dias
Braço do Norte

Após muito trabalho, dedicação aos filhos, compromisso e responsabilidade, finalmente um momento para curtir a vida. É assim que os ‘jovens da melhor idade’ aproveitam e divertem-se nos grupos da terceira idade em Braço do Norte.

O último evento que movimentou a terceira idade no município foi o de comemoração ao Dia das Mães. “São momentos únicos e existe uma grande integração”, conta a secretária da família da prefeitura de Braço do Norte, Cristine Kuerten Maia. Já a primeira-dama, Marlene Oenning Kuerten, declara que é gratificante realizar inúmeras atividades juntos aos ‘jovens da melhor idade’.

Lanches, danças, jogos, presentes, brindes e entrosamento garantem as tardes de mais de 500 jovens com idade superior a 60 anos (cadastrados), na sede do centro de convivência. Ao todo, são mais de 700 pessoas (incluindo a comunidade de Pinheiral e o bairro Rio Bonito).

Os grupos reúnem-se às segundas, quartas e quintas-feiras, em Braço do Norte, Rio Bonito e Pinheiral, respectivamente, das 14 às 17 horas. São realizados, semanalmente, os jogos de integração. Todas as terças ocorrem, a partir das 14 horas, jogos de canastra. Nas sextas-feiras, na Cancha Municipal Fredolino Kuerten, há jogos de bocha (feminino, masculino e misto).

A coordenadora dos três grupos, Jaci Wisbeck, esclarece que tanto os encontros semanais como os jogos (realizados há mais de quatro anos) contribuem para a qualidade de vida e realização pessoal dos participantes. “Também contamos com o apoio do médico Miguel e da enfermeira Avani Beza, toda segunda-feira”, enfatiza a coordenadora.