Wagner da Silva
Braço do Norte

A última sexta-feira foi um dia de vitória para a educação pública de Braço do Norte. A secretária de educação, cultura e desportos da prefeitura, Maristela da Cunha Cardoso, assinou um termo de compromisso pela educação. “A adequação levará tempo, mas o setor tomará um novo rumo e a sociedade sairá ganhando”, avalia Maristela.

O termo, segundo ela, promete ser o diferencial na educação da cidade para os próximos anos. Com o documento, a administração municipal, diretores e professores assumem o compromisso de oferecer uma melhor qualidade no aprendizado, em particular aos alunos com dificuldade de aprendizado, repetentes ou que abandonam a escola ainda nos primeiros anos.

Para a diretora do ensino médio, Rosane Alberton Cunha, a assinatura deste documento norteará o trabalho de todos os profissionais do município. “Na prática muita coisa não funciona, mas este quadro irá mudar. No início será difícil, mas com o tempo todos irão perceber que é o melhor para os futuros administradores de Braço do Norte. Esta reestruturação prevê uma educação igual para todos, pois é um compromisso dos profissionais envolvidos em dedicar-se ainda mais aos alunos”, acredita a diretora.

Em sua visão, o Plano de Desenvolvimento na Educação, do governo federal, é a “educação como empresa”. “O PDE busca incluir regras que devem ser obedecidas, como ocorre nas empresas. Também é um chamado à sociedade para que participe ativamente da vida escolar de suas comunidades. Temos que valorizar nossa raiz e cumprir o nosso papel como educadores”, analisa Rosane.

A diretora de centro de educação infantil, Tânia Maris Meurer, acredita que agora a educação passará a ter outra dinâmica. “Este termo visa realmente promover e buscar a qualidade no ensino, para formar verdadeiros cidadãos”, destaca Tânia.