#ParaTodosVerem Na foto, o prefeito de Braço do Norte Beto Kuerten Marcelino, o juiz do trabalho Ricardo Jahn e a equipe da prefeitura
O Programa Trabalho Seguro foi apresentado ao prefeito Beto Kuerten Marcelino pelo juiz Ricardo Jahn, gestor regional da ação da Justiça do Trabalho - Foto: Prefeitura de Braço do Norte | Divulgação

Números sobre os acidentes de trabalho e a preocupação do Poder Judiciário sobre o reflexo que eles ocasionam na sociedade, nas famílias e nas empresas. Esses foram os temas apresentados pelo juiz Ricardo Jahn, um dos gestores regionais do Programa Trabalho Seguro (PTS) em Santa Catarina, ao prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino. Em 2021, foram registrados em Santa Catarina 38,6 mil acidentes e doenças do trabalho, com 166 mortes – no Brasil, foram 571,8 mil notificações e 2,5 mil óbitos. No encontro, além de falar sobre as ações do PTS realizadas pela Justiça do Trabalho, Jahn convidou o município para se tornar parceiro do programa.

Esta parceria já ocorre em algumas cidades catarinenses, inclusive com a criação de leis municipais sobre o tema. “Essas leis possuem dois enfoques: um imediato, o de firmar nas licitações do município de contratação de serviços algumas exigências que contribuam para maior segurança na realização da atividades contratada; outro, de longo prazo, que é realizar nas escolas municipais atividades específicas para alunos relativas à saúde e segurança no trabalho, pois estes estudantes, no futuro, serão todos trabalhadores, seja na condição de empregado ou mesmo de empregadores”, enumerou o magistrado.

Fonte: Luana Cadorin, da assessoria de imprensa do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul