Zahyra Mattar
Tubarão

A pista do sentido norte/sul do viaduto duplo de acesso principal a Tubarão, na BR-101, está liberada ao tráfego de veículos. O trecho foi aberto aos usuários da rodovia aproximadamente às 17 horas de ontem. A manobra já era prevista, já que a aplicação asfáltica nas pistas de acesso e na alça de retorno ficaram prontas no fim da última semana.

Com isso, as obras no viaduto duplo chegam a 96%. O pouco que falta refere-se à alça sul/norte, cuja previsão é estar finalizada até outubro. Assim como ontem, hoje uma das frentes de trabalho da Construtora Triunfo, responsável pela duplicação do lote 26 da BR-101, entre Tubarão e Sangão, dará sequência a outros serviços sob as pistas do viaduto principal, entre eles o contorno para a ligação da avenida Padre Geraldo Spettmann à rodovia.

Na pista contrária (sentido sul/norte), será dada continuidade na execução das muretas para taludes (a base principal está pronta para receber o concreto) e das caixarias para moldar os muros de contenção do aterro.

Com a liberação da pista norte/sul, o trânsito da 101 não impacta tanto no da cidade e facilita a transposição do antigo trevo àqueles que seguem para o bairro Humaitá de cima, por exemplo. Também ontem, uma segunda frente de trabalho seguiu com a aplicação de asfalto na cabeceira sul-norte da passagem inferior nas proximidades do Ceconvest (antiga Feinvest). No sentido oposto, a pavimentação está concluída.

Mais um trecho será liberado em dois meses

Aos poucos, as obras no lote 25 da duplicação da BR-101, entre o acesso sul a Itapirubá, em Laguna, e Capivari de Baixo, começam a ser retomadas. Quase todo o maquinário do consórcio Blokos/Emparsanco/Araguaia já está novamente às margens da rodovia. Os trabalhadores começaram a voltar aos seus postos efetivamente ontem.

O serviço no trecho ficou paralisado por quase três semanas. Mesmo com este tempo perdido, o Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes não alterou o cronograma das consorciadas. Com isso, a meta continua ser a de entregar 100% das pistas duplicadas até dezembro deste ano.

Ontem, foi continuada a compactação do aterro no KM 37, em Laguna. Para esta semana, os funcionários retomam as obras referentes à segunda frente de trabalho, entre o quilômetro 319, na localidade de Laranjeiras, e o quilômetro 329, no trecho do Rio Capivari.

A estimativa é que este trecho do lote 25 esteja concluído em aproximadamente dois meses, quando é prevista a liberação do tráfego sobre as quatro passagens inferiores que cortam o trajeto. Na ponte sobre o Rio Capivari, o estaqueamento está finalizado e uma segunda equipe deve atuar na construção da segunda passagem ainda esta semana.