Jair Bolsonaro irá participar de um congresso religioso em Camboriú, no Vale do Itajaí, confirmou nesta sexta-feira (26) a prefeitura da cidade. A presença do político no Gideões Missionários da Última Hora será na próxima sexta (3/5), a partir das 19h, quando ele irá discursar para os fiéis.

Esta é a primeira vez que um presidente da República participa deste evento, que está na sua 37ª edição e acontece de 27 de abril a 6 de maio. A vinda de Bolsonaro terá um forte esquema de segurança, segundo informou o chefe do gabinete do Município, Ariel Silva.

Bolsonaro virá de avião direto de Brasília. Ele desembarca no Aeroporto de Navegantes, onde será recebido pelo governador, Carlos Moisés. Os dois seguirão de helicóptero até o Estádio Municipal. E de lá se deslocam até o  Ginásio Irineu Bornhausen.

Cinco dias antes, no domingo (28), equipes da Aeronáutica, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal chegam em Camboriú e, na segunda-feira (29) fazem uma visita ao estádio para traçar a estratégia de segurança.

“E do estádio até o ginásio é que vão definir o trajeto, que provavelmente vai ser de carro. É um trajeto de 300 metros, mas caminhando no meio da multidão é complicado”, informou Ariel Silva.

São esperadas mais de 100 mil pessoas no congresso. A Polícia Militar e os bombeiros também estão envolvidos na operação.

O presidente já havia participado do evento no ano passado, quando era pré-candidato. Na época, ele garantiu que voltaria caso fosse eleito presidente. O político recebeu o convite em Brasília das mãos do pastor Gilmar Santos, da Assembleia de Deus.