O presidente Bolsonaro nomeou hoje (4) Rolando Alexandre de Souza como novo diretor-geral da Polícia Federal. A nomeação foi publicada nesta segunda-feira em uma edição extra do Diário Oficial da União.

Rolando Alexandre está nos quadros da Polícia Federal há 15 anos. Ele foi superintendente da PF em Amazonas, em setembro último assumiu o quadro de planejamento e gestão da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Rolando era um dos principais assessores de Ramagem na agência e bem próximo do delegado.

Bolsonaro tinha escolhido Alexandre Ramagem para a função – antes ocupada por Maurício Valeixo, em uma crise que resultou na demissão do então ministro Sergio Moro.

Ainda não há informações de quando ele tomará posse, provavelmente até a próxima quarta-feira (6).