O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta quarta-feira (2) que o presidente Jair Bolsonaro decidiu manter a indicação de Carlos Marun para o conselho da Itaipu Nacional.

Marun chefiou a Secretaria de Governo de Temer e era um dos principais auxiliares do emedebista. Sua nomeação ao conselho saiu no Diário Oficial da União de 31 de dezembro.

“O presidente tomou a decisão de respeitar o ato do presidente Temer, Marun é uma pessoa que era da confiança do presidente Temer e o presidente Bolsonaro ao meio dia de hoje avaliou e tomou a decisão de manter”, falou Onyx no Palácio do Planalto.

Segundo Onyx, a decisão leva em conta a boa vontade do governo Temer com  a gestão de Boslonaro.

“Não é um cargo diretivo, é participação de conselho e o presidente num gesto de boa vontade com o presidente que passou, até agradecido pela forma como foi feita a transição, o presidente [Bolsonaro] tomou a decisão de não alterar o ato do presidente”, falou.

O mandato de Marun no conselho vale até 2020. Ele substituirá Frederico Matos de Oliveira.