O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que assinou o decreto que autoriza a PRF a chamar 1.000 novos concursados. A declaração do chefe do executivo foi dada por meio de sua conta oficial no Twitter.

No mês passado, Bolsonaro declarou que os concursos públicos deverão ser realizados com menor frequência e deu ênfase às categorias da PF (Polícia Federal) e da PRF que continuarão a receber concursos. A declaração entrou em rota alinhada com o que disse Paulo Guedes, ministro da economia, no início do mês sobre a desaceleração dos certames.

O presidente ainda declarou em seu perfil que foi feita a doação de 42 mil equipamentos de segurança, entre eles armamentos, munições, viaturas para os 26 estados do país e o Distrito Federal. De acordo com Bolsonaro, “os itens ajudarão a modernizar, aprimorar e reforçar o trabalho das forças de segurança no combate ao crime em todo o Brasil”.