Um menino de apenas um ano e meio faleceu após ter sido agredido por sua mãe apenas porque fez cocô na fralda. A mãe Trinity Pittman, 23 anos, da Georgia nos Estados Unidos confessou que agrediu seu bebê Perry porque ficou irritada por ele ter feito cocô na fralda.

De acordo com o canal norte-americano Fox, Trinity levou o filho para a emergência do hospital na última sexta-feira a noite (25/10) e inicialmente alegou aos médicos que o pequeno havia caído enquanto estava pulando no trampolim. Contudo, os médicos observaram que havia muito sangue na região abdominal e nos pulmões da criança, algo que não consistia com uma simples queda do trampolim.

Os médicos então notificaram a polícia que interrogou Trinity e seu namorado Jeremy Davis, 24 anos, sobre o ocorrido. As versões dos dois não bateram e Trinity então acabou confessando que agrediu seu filho diversas vezes e que a última ocasião em que o agrediu foi porque ele havia feito cocô na fralda. Nesta última ocasião, o pequeno acabou batendo a cabeça no chão durante a agressão.

Após agredir o filho, Trinity deixou ele e a filha mais velha de quatro anos com o namorado e foi trabalhar. Para o namorado ela também contou a versão de que Perry havia caído do trampolim e se machucado.

Poucas horas depois, o namorado avisou Trinity que o pequeno Perry não estava conseguindo respirar direito. Ela retornou para casa e o levou ao hospital. Infelizmente, os médicos não conseguiram salvá-lo e ele faleceu no hospital. Trinity está presa e aguarda seu julgamento na prisão.