Em 2004, o pai de Diogo Marmargo sofreu um trágico acidente de trabalho que o obrigou a amputar 80% do braço direito. No entanto, apesar do ocorrido, ele afirma que jamais viu o pai reclamar, “nem um dia sequer”.

“Pelo contrário, ele sempre nos motiva, inventa tarefas que nunca teria feito se tivesse os dois braços, e até faz piada com a própria situação”, conta.

A ausência de um dos braços não impede o idoso de fazer as mais diversas atividades.

Diogo cita, por exemplo, as saladas que o pai faz: “são as mais bonitas e assimétricas que já vi”.

No ano passado, o filho de Diogo, Lucas, nasceu. Para acompanhar os primeiros meses de vida do menino, seus pais passaram uma temporada em sua casa.

Certo dia, durante o café da manhã, eles aproveitaram que Lucas dormira no ombro do pai para conversarem e refletirem sobre a situação. “Comentamos sobre a evolução do Lucas, que ele estava dando seus primeiros sorrisos verdadeiros, seus olhares para nós e os choros quando queria mamar”.

“Queria ter os dois braços novamente para poder pegá-lo no colo”

Aproveitando o momento, seu pai disse que em 14 anos desde a perda do braço, ele nunca havia realmente sentido falta do membro, até aquele exato momento. “Ele comentou que queria poder pegar o bebê no colo quando eu precisasse ir ao banheiro ou estender uma roupa. Ou balançar o carrinho até minha chegada”, relata.

O sonho do avô era muito singelo: poder pegar o neto no colo quando este chorasse… para acalmá-lo e niná-lo até ele pegar no sono. Apenas isso.

Em meio ao desabafo, Lucas pegou o celular e gravou um vídeo, mostrando o neto dormindo confortavelmente no ombro do avô. Uma cena muito linda e tocante. Confira abaixo:

Após a gravação, Diogo colocou Lucas para dormir na cama, e a voltar, viu o pai enxugando as lágrimas. “Eu tenho certeza pai, que o Lucas nunca lembrará dos colos que você não pode dar. Quando ele crescer, só vai recordar de todo amor que o senhor dispõe. Toda calma, cuidado e paciência”, desabafou.

“Para quem ensinou o próprio cachorro a jogar futebol, eu fico imaginando o tanto de coisas que o meu filho irá aprender com o senhor!, concluiu.

Fotos: Reprodução/Instagram @diegomarmargo