O quarto relatório de balneabilidade da temporada foi divulgado pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA). De acordo com o relatório, 75,8% dos pontos analisados estão próprios para banho no litoral catarinense. As coletas foram realizadas de 26 a 28 de dezembro. Na Amurel, o relatório indica um ponto poluído, a Barra do Camacho, na divisa de Jaguaruna e Laguna.

Em Florianópolis, dos 75 locais averiguados, em 78,8% recomenda-se o mergulho. No restante do litoral, dos 144 pontos, 107 apresentam condições favoráveis para banho.

O IMA realiza coletas e análises em 219 pontos dos 500 quilômetros da costa catarinense. Os ensaios são efetuados nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo e São José.

O IMA destaca ainda o cuidado dos banhistas ao entrar no mar quando transcorridas 24 horas de chuvas torrenciais. O alerta é para que população e visitantes não se banhem em saídas de rios, de riachos e galerias pluviais. Além disso, o IMA chama a atenção para a situação das placas. Algumas, especialmente durante a alta temporada, são retiradas, danificadas ou vandalizadas. Desta forma, a recomendação é que os usuários acessem o site balneabilidade.ima.sc.gov.br para saber a condição das praias catarinenses.