O barco circulará entre as pontes Dilney Chaves Cabral e Nereu Ramos
O barco circulará entre as pontes Dilney Chaves Cabral e Nereu Ramos

Tubarão

 

Muita gente vai voltar a atenção ao Rio Tubarão neste sábado. Os alunos do sexto semestre de publicidade e propaganda da Unisul planejam uma série de ações para conscientizar a população. O destaque é a apresentação de uma banda, que tocará um jingle composto pelos acadêmicos, diretamente de dentro de um barco que circulará entre as pontes Dilney Chaves Cabral e Nereu Ramos, a partir das 9h30min. 
 
A ação conta com o apoio do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal. E tem como objetivo provocar uma reflexão sobre como seria o rio, caso não fosse poluído. 
 
“Temos o trabalho do curso que se chama projeto integrado e o tema deste semestre é sustentabilidade. Em discussão na sala, pensamos qual seria o maior problema de Tubarão e chegamos a um consenso que o rio seria nosso alvo”, conta uma das integrantes do grupo de organização, a acadêmica Karine Rabello Mendes. 
 
O rio que corta a cidade faz parte das dez bacias hidrográficas mais poluídas do Brasil e sofre com o descaso. A última redragagem foi realizada há 29 anos. Hoje, o governo do estado cuida da efetivação de um novo projeto para o desassoreamento.