Laguna

A tarifa da travessia litorânea em Laguna terá mudanças a partir do dia 1º de agosto. Os moradores da região da Ilha passarão a pagar pela utilização da balsa R$10 para veículos, motos e pedestres R$2,50. Porém, eles precisam estar cadastrados na União das Associações de Pescadores (Uapi) com a carteira expedido.

Ontem pela manhã, o prefeito de Laguna, Mauro Candemil,  representantes da Uapi, Maria Regina Meura Passarela; da Laguna Navegações, Doralino Brustolon; o procurador do município, Antônio Luiz dos Reis; da procuradoria,  Tonison Rogério Chanan Adad; o advogado da Uapi, Vilson Roberto da Silveira, e da Laguna Navegações, Adilson Cadorin assinaram o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o governo municipal, a Uapi e Laguna Navegações. A assinatura ocorreu na sala da promotora de Justiça, Rafaela Mozzaquattro.

O documento determina a fixação do valor para cobrança diferenciada da tarifa de transporte aquaviária para os moradores da Região da Ilha, que compreende as comunidades do Farol de Santa Marta, Cigana, Canto da Lagoa, Campo Verde, Galheta, Ipuã, Cardoso, Madre de Baixo, Passagem da Barra e Ponta. A balsa realiza o trajeto de travessia do Canal da Lagoa Santo Antônio, percurso de aproximadamente 15 minutos, entre o bairro Magalhães até a SC-100, na localidade da Ponta da Barra.
 
A intenção, de acordo com Candemil, é rever a tarifa praticada pelo elevado valor cobrado pelo serviço, que estava prejudicando financeiramente as famílias residentes na região. Quem não mora na localidade irá desembolsar R$ 17 o veículo, R$ 3 moto e pedestre é livre. Os moradores que não realizaram o cadastro devem procurar a União dos Pescadores e realizar até a próxima.