A empresa detém uma frota de 125 aeronaves, mais de 10 mil funcionários, um número superior a 800 voos diários  -  Foto:Divulgação/Notisul
A empresa detém uma frota de 125 aeronaves, mais de 10 mil funcionários, um número superior a 800 voos diários - Foto:Divulgação/Notisul

Jaguaruna

Com o intuito de aumentar a sua oferta de assentos para Viracopos, em São Paulo, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras resolveu transferir as atuais operações em Criciúma para o aeroporto de Jaguaruna a partir do dia 10 de novembro. A operação contará com dois voos diários e será com os jatos Embraer 195, de 118 assentos.

Conforme o diretor de Planejamento de Malha da Azul, Daniel Tracz, a modificação foi necessária, uma vez que na Cidade Carbonífera – onde a companhia opera com modelo ATR de 70 assentos – não é possível pousar ou decolar com jatos Embraer.

“Com as operações na Cidade das Praias, a companhia poderá transportar ainda mais clientes a partir do interior do estado catarinense. Estamos propondo horários de voos que atendem a diversos tipos de demanda, que vai de turismo a negócios. Esperamos ter sucesso nesta nova rota que representará um avanço fundamental para a região”, destaca Tkacz.

A companhia é a única a oferecer mais de 55 opções de ligações a partir de São Paulo (Campinas), para onde voarão as aeronaves com origem em Jaguaruna. 

Entre os destinos possíveis de serem alcançados com apenas uma parada em São Paulo (Viracopos) estão: Aracaju, Porto Seguro, Brasília, Bonito, Cascavel, Criciúma, Cuiabá, Campo Grande, Caldas Novas, Corumbá, Belo Horizonte, Curitiba, Caxias do Sul, Divinópolis, Dourados, Fort Lauderdale/Miami, Florianópolis, Fortaleza, Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Goiânia, Foz do Iguaçu, Ilhéus, Juiz de Fora (Zona da Mata), Juazeiro do Norte, Joinville, João Pessoa, Bauru, Londrina, Manaus, Orlando, Maceió, Maringá, Marília, Natal, Navegantes, Passo Fundo, Porto Alegre, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Recife, Rio Verde, São José do Rio Preto, Salvador, Teresina, Três Lagoas, Uberaba, Uberlândia, Vitória, Chapecó, Lages e Lisboa.

* Com informações da Folha Regional