Posse (GO)

A dona de casa Catarina Damião de Sousa, de 72 anos, pede ajuda para dar de presente uma peruca para a neta Ana Clara Rodrigues dos Santos, de 5 anos, que não tem cabelos. A avó conta que a menina vai começar a estudar no próximo ano e teme que ela sofra bullying dos colegas por ser careca. Um vídeo gravado pela voluntária Joelina Suares, que tenta ajudar a família, mostra quando a própria criança pede por uma peruca (veja vídeo acima).

Catarina cuida da menina e dos três irmãos, em Posse, no nordeste de Goiás, desde que a mãe das crianças faleceu, há 5 anos. O sustento da família é a renda do Bolsa-Família e, segundo ela, o valor não é suficiente para comprar a peruca.

“Desde que ela nasceu, ela tem o problema de cair o cabelo. Nós já fizemos alguns exames, mas ainda não sabemos o que é. Eu queria uma peruca para ela porque não temos condição de comprar”, relata a avó.

O filho de Catarina é o pai das crianças e, segundo ela, ele ajuda a sustentar os filhos, mas não vive com eles. A mãe da menina morreu após dar a luz a Ana Clara. Segundo a avó, ela teve uma hemorragia.

“Ele ajuda com alimentação, com as coisas que precisa, mas também não tem condição de comprar a peruca”, explica.

A avó conta que a neta nasceu com cabelos, mas que eles foram caindo ao longo do tempo. Catarina explica que a sobrancelha da menina e os cílios também caem.

“Às vezes, cresce alguns fios de cabelo, mas, depois de algum tempo, caem de novo. Ainda não sabemos o que ela tem”, afirma.

Segundo Joelina, a menina já foi ao médico, mas ainda não fez exames aprofundados para saber o que causa a queda do cabelo.