Wagner da Silva
Braço do Norte

A disputa pelo primeiro troféu Atleta Solidário do Vale, na tarde de ontem, em Braço do Norte, foi decidida nos pênaltis. Prova de que as quatro equipes estavam mais que bem treinadas para o bate-bola solidário idelizado pelo Notisul para angariar fundos a quatro entidades sociais da cidade e ainda comemorar os 54 anos de emancipação político-administrativa de Braço do Norte.

Na quadra, venceu o time formado por membros da Acivale e CDL, que suaram a camisa em prol do Hospital Santa Teresinha. E fora de ‘campo’ todos saíram legitimamente vitoriosos. As equipes que representaram as outras três instituições beneficiadas com o angariado na venda das camisetas-ingressos – Rede Feminina de Combate ao Câncer, Casa Lar e Apae – também deram um espetáculo.
O pontapé inicial da partida foi dado pelo prefeito de Braço do Norte, Evanísio Uliano (PP), o Vânio, e pelo radialista e aluno da Apae Adilson Della Giustina. Na primeira fase, a vitória ficou com a CDL/Acivale, por 5 a 1, sobre o time dos padres, que defendeu a Casa Lar.

Em seguida, a equipe da imprensa, que entrou em quadra pela Rede Feminina de Combate ao Câncer, perdeu para a Apae, cujo time era formado por atletas dos dois Lions Clubes de Braço do Norte e do Rotary.
Na decisão do terceiro lugar, a imprensa venceu a equipe de padres por 2 a 0. No fim, os padres uniram-se para dar uma bênção a todos os atletas e envolvidos com o evento.

O jogo da final, entre Hospital Santa Teresinha e Apae, foi recheado de emoções. As equipes enfrentaram dificuldades, como ocorre no dia-a-dia das entidades. Quando o placar estava em 2 a 0 para o HST, a equipe relaxou e cedeu o empate à Apae. Nos pênaltis, o time do hospital venceu por 3 a 2. Mas tudo porque nem vitória ou derrota ofuscou o brilho e a alegria do evento.

Sucesso total
Os jogos ocorreram no ginásio da Escola Dom Joaquim e reuniram um público de aproximadamente 500 pessoas. Na arquibancada, o papel das torcidas em incentivar os seus respectivos times demonstrou aos atletas que fora de quadra a solidariedade é o que vale.