Os treinos em casa não se limitam somente ao condicionamento físico. Ser atleta de alto rendimento é entender que, por muitas vezes, o corpo será exigido no limite que pode encarar. Com tanta (sobre)carga, investir em atividades preventivas é tão essencial quanto a preparação diária.

Por conta do distanciamento recomendado, muitos atletas não têm à disposição equipamentos que auxiliam na eficiência dos exercícios fisioterapêuticos. Contudo, existem fortalecimentos específicos que usam somente o peso corporal e protegem, bem como reforçam a estrutura muscular atlética.

O fisioterapeuta do Tubarão Futsal, Ricardo Bertoldo, indica o reforço dos músculos profundos da região abdominal, lombar e pélvica que, juntos, formam o que chamamos de core. Exigido nos movimentos de parte das modalidades, o profissional explica a importância de fortalecer o centro do corpo. “Em casa os atletas podem fazer variações da prancha lateral, central, as próprias “pontes”, exercícios para glúteos. São exercícios que podemos fazer em casa, sem o uso de pesos. No futsal, estou passando alguns trabalhos individuais e em grupo, através de vídeos online, possibilitando fazer as correções necessárias”, esclarece Ricardo.

É importante reforçar que quanto maior o nível do esportista, mais difícil será a retomada após a quarentena, caso ele não se movimente ao longo deste período. As modalidades esportivas do município se mantêm ativas, mesmo sem um calendário definido de competições.