Nas redes sociais muitas pessoas compartilharam uma postagem (já apagada), onde uma foto mostrava várias árvores podadas na avenida Maurílio Kfouri, na orla da praia do Mar Grosso.

O ato, segundo o executivo lagunense em nota, diz “que as podas de árvores devem ter autorização da prefeitura, através da Flama e Secretaria de Obras. Não foi autorizado nenhum corte de árvore na avenida Maurílio Kfouri, beira-mar do Mar Grosso”.

Muitas pessoas se mostraram indignadas pela atitude e cobraram providências e punição aos envolvidos. De acordo com o prefeito Mauro Candemil, “ após investigação, soube-se que foi uma atitude deliberada de um morador de um prédio próximo (já identificado), sem a devida autorização em fazer este procedimento. Medidas jurídicas estão sendo avaliadas”, finaliza.

Segundo a presidente da Flama, Deise Cardoso, “As casuarinas são espécies exóticas e invasoras, que não deixam outras espécies se desenvolver. Para poda de espécies exóticas não há necessidade de autorização ambiental, só em casos de corte total das árvores, quando elas estão inseridas em Área de Preservação Permanente (APP), que não é o caso das casuarinas do Mar Grosso. Ambientalmente quando se retira uma espécie desse tipo (exótica e invasora) é um grande ganho para as espécies nativas conseguirem se desenvolver. O correto seria ter solicitado esclarecimentos aos órgãos da administração por se tratar de uma via pública, no caso do Mar Grosso”.

Deise explica que por se tratar de uma via pública, é necessário fazer a comunicação à Flama e ter autorização da prefeitura.

Denúncias podem ser feitas à Fundação Lagunense do Meio Ambiente, localizada no Centro Administrativo Tordesilhas, das 13h às 19h, ou pelo telefone 3644-5538.