Capivari de Baixo

As festividades começaram às 15h, com diversas apresentações artísticas dos alunos das oficinas de música, violão popular, teatro e de dança. As apresentações dos alunos pratas da casa, foram intercaladas por outras, de crianças e adolescentes de entidades de outros municípios, como foi o caso da peça do grupo de teatro Entrepalcos, de Tubarão, e a apresentação de um grupo de alunos da EMEB Dom Anselmo Pietrulla, da cidade termelétrica.

O teatro de Boi-de-Mamão da comunidade de Ribeirão Pequeno, Laguna, que neste ano completou 70 anos em atividade, foi o último quadro artístico a ser apresentado. “Tudo muito bonito. Uma festa sadia, num ambiente superfamiliar, seguro e lindo. O Parque é Maravilhoso”, declarou a turista capixaba Maria Celeste Menestrini, atendente de farmácia em Vitória, Espírito Santo, em passeio pela região.

No domingo também teve estreia do Trenzinho Encantos do Sul, atração oferecida por meio de parceria com empresário e que caiu nas graças dos visitantes, tanto que os passeios com ele, que duram em média dez minutos, só pararam às 21h, com o fechamento do Parque.

No sábado, o local prosseguiu com a proposta de troca-troca de brinquedos e contação de histórias. Numa barraca montada na região central, Bel Anima conta suas histórias às crianças que passam por lá e ao mesmo tempo estimula a elas e aos pais a trazerem (ou trocarem) os brinquedos entre si ou com os brinquedos doados ao Parque pelos próprios frequentadores.