Doação do espaço hoje ocupado pelo estacionamento e praça do fórum de Tubarão garantirá a ampliação da sede do poder judiciário em Tubarão. Obras devem iniciar no primeiro semestre de 2012 e finalizadas em dois anos
Doação do espaço hoje ocupado pelo estacionamento e praça do fórum de Tubarão garantirá a ampliação da sede do poder judiciário em Tubarão. Obras devem iniciar no primeiro semestre de 2012 e finalizadas em dois anos

Tubarão

A lei 3.701, que autoriza a prefeitura de Tubarão a doar a área onde hoje funciona parte da praça e o estacionamento do fórum, foi sancionada pelo vice-prefeito Pepê Collaço (PSD). O ato de assinatura ocorreu quinta-feira à noite.

Com isso, o fórum e o Ministério Público (MP) poderão ampliar as suas estruturas. Hoje, os espaços já não comportam a demanda do judiciário tubaronense. “É um dever do município oferecer à justiça esta oportunidade de expansão. Quem ganha é o cidadão”, valoriza Pepê.
 
O fórum de Tubarão foi inaugurado em 1997 e desde 2004 solicita a doação da área para expandir as instalações. O pedido, à época, foi feito pelo desembargador Júlio César Knoll, na ocasião diretor do foro da comarca de Tubarão.
 
Conforme tudo indica, as obras começarão no primeiro semestre do próximo ano. A expansão visa a ampliação física do edifício sede do fórum e do espaço ocupado pelo MP. A previsão é que os trabalhos fiquem prontos em dois anos.
 
Atual diretor do foro, Eron Pizzolatti explica que a estrutura já não é suficiente para acomodar as nove varas existentes. “Tubarão está em pleno desenvolvimento e a população cresce a cada dia. Por isso, em breve teremos que abrir novas varas e com o atual espaço isso será impossível”, completa.
 
No MP, a situação não é diferente, concorda o promotor de justiça Sandro de Araújo. “Já esgotou a capacidade e as nove promotorias não têm mais como expandir. Esta é uma obra fundamental também para os profissionais como para os cidadãos”, valoriza Sandro.