Foto: Divulgação/Notisul
Foto: Divulgação/Notisul

Tubarão

O arcebispo de Brasília, no Distrito Federal, Dom Sérgio Rocha, esteve ontem em Tubarão, onde palestrou na Catedral sobre a juventude na igreja, o Sínodo da Juventude. No encontro, o cardeal falou sobre os encaminhamentos da 15ª Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos sobre ‘Os jovens, a fé, e o discernimento vocacional’.

Em 2017, o Papa Francisco nomeou o cardeal como Relator Geral do Sínodo da Juventude 2018. “Este momento é importante porque se trata do envolvimento de nossa juventude na própria temática do Sínodo. Não teria sentido realizar um Sínodo sem ouvir os próprios jovens. Ouvir procurando acolher ao máximo as suas contribuições, seus anseios e seus desafios”, comentou o cardeal.

O cardeal pontua o reconhecimento da importância de valorizar o que a juventude já está oferecendo à Igreja. E ainda chamou atenção que os jovens, em muitas realidades, têm o sentimento que a Igreja os abandonou. “Um ponto interessantíssimo que vários destacaram: a Igreja abandona também quando não fala do Evangelho, quando não anuncia o ensinamento de Jesus, o ensinamento da Igreja sobre questões inclusive de afetividade e sexualidade”, chamou atenção.