Uma audiência pública será realizada em Imaruí para discutir o fornecimento e a qualidade da água no município. A audiência, convocada pela Promotoria de Justiça do município, será realizada no dia 23 de maio e tem como objetivo expor aos cidadãos a situação do abastecimento de água e da cobrança de taxa pela utilização da água, dente outros assuntos relacionados.  

A convocação da audiência foi motivada pela falta de abastecimento de água que vem afetando diariamente os moradores de Imaruí, sem perspectiva de solução por parte do Município e da autarquia responsável. 

Sem água para necessidades básicas, como lavar roupas e cozinhar, a população ainda está sofrendo com surto da doença de pele contagiosa “impetigo”, provocada por ambientes com condições de higiene precária, conforme consta em manifestação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).  

A audiência pública, destinada a comunidade em geral, ocorrerá no dia 23 de maio, no Salão do Júri do Fórum de Imaruí, às 17h30, e contará com a participação da Promotora de Justiça Mirela Dutra Alberton. 

Impetigo é uma infeção cutânea típica das crianças entre 2 e os 7 anos