Após duas semanas se recuperando de uma cirurgia de remoção de catarata nos dois olhos, o pequeno Theo Bennett, de 7 meses de idade, enxergou com nitidez pela primeira vez em sua vida. No colo da mãe, ao colocar os óculos novos, Theo focou no pai, e surpreso, abriu um lindo sorriso no rosto ao vê-lo sorrindo de volta para ele.

O bebê foi diagnosticado com catarata congênita depois que sua mãe Lois Bennett notou uma mancha em seus olhos quando ele tinha cerca de 6 meses. É uma condição rara que afeta de 3 a 4 crianças a cada 10 mil nascimentos no Reino Unido, de acordo com o Royal National Institute of Blind People.

Theo foi submetido a uma cirurgia de baixo risco em um hospital geral de Leeds, no Reino Unido, logo após ser diagnosticado com a doença. Duas semanas após o procedimento cirúrgico, ele estava pronto para experimentar seus óculos corretivos.

“Quando ele colocou os óculos, olhou para mim com um grande sorriso ao me ver sorrindo de volta”, disse o pai de Theo, Joe Bennett, à agência de notícias SWNS. “Isso derreteu meu coração… Finalmente ele podia enxergar agora”.

Bebê completamente curado

“Foi incrível. Saímos do hospital e o levamos para brincar naquela tarde – era evidente que ele estava olhando o mundo ao seu redor como nunca havia feito antes”, acrescentou Joe.

Superada a doença, Theo está muito feliz em poder se juntar a seus dois irmãos mais velhos, correndo atrás dos gatos da família e brincando no parque.

Eventualmente, os médicos do bebê esperam que ele só precise utilizar óculos para ler quando sua visão estiver completamente desenvolvida.