A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avalia pedidos de estados para a importação da vacina Sputnik V. Uma reunião extraordinária da diretoria colegiada foi marcada para esta segunda-feira (26), às 18h.

A vacina Sputnik V, usada na imunização contra a covid-19, é produzida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia. A reunião de deliberação foi marcada dentro do prazo estipulado pela lei e de acordo com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, que determinou a análise da questão dentro do prazo de 30 dias.

Na terça-feira (27), a Anvisa deve analisar o pedido de uso emergencial da combinação dos medicamentos banlanivimabe e etesevimabe para o tratamento da covid-19. Os remédios são produzidos pela farmacêutica Eli Lilly do Brasil.

O pedido foi protocolado no dia 30 de março. Na quinta-feira (29), a diretoria colegiada também vai se reunir para a 8ª reunião ordinária, na qual serão discutidas pautas relacionadas às áreas de regulação da agência.

 

Fonte: Agência Brasil

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul