Por outro lado, infraestrutura da Estrada Geral Inocêncio Tobias Ricardo, que liga o centro de Jaguaruna ao aeródromo, está em más condições. Além da via que liga o bairro Congonhas, na maior cidade da Amurel, ao município praiano, e consequentemente ao Regional, que está com pontes literalmente caindo aos pedaços.

Lysiê Santos
Jaguaruna

O Aeroporto Regional Sul Humberto Bortoluzzi, em Jaguaruna, conquista novos adeptos diariamente. Na última semana, o local ganhou o reconhecimento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A equipe que vistoriou o empreendimento apresentou uma grande constatação: o aeródromo de Jaguaruna é o melhor regional do Brasil na sua classe aeroportuária. A inspeção da Anac levou em conta a segurança na aviação, operações e serviço de resgate e salvamento. E para ter acesso ao transporte aéreo, os passageiros utilizam a BR-101.

Porém, há outro acesso pelo centro de Jaguaruna que facilitaria a rotina de muitos clientes. No entanto, a rua Ernesto Lacomb, que segue pela Estrada Geral Inocêncio Tobias Ricardo, está em situação precária. Atentos às dificuldades de infraestrutura, os vereadores debateram o assunto durante a última sessão e pretendem unir forças em prol da pavimentação da via. “Precisamos viabilizar o acesso pela Ernesto Lacombe até o aeroporto. Quando nos unimos sem intenção partidária, as coisas acontecem na cidade. A ideia é fazer uma comissão para ir até as autoridades, como deputados e o governador, para viabilizar a pavimentação”, pretende a vereadora Joelma Miranda Cruz (PSD).

Para o legislador jaguarunense Mário Goulart Ferreira (PMDB), é necessária ainda uma parceria com todos os deputados da região Sul do Estado. “Para tirar do papel o tão sonhado asfalto é necessária tal união. Hoje, não há nenhum bom acesso até o centro. Quem sabe construir uma parceria com deputados, vereadores e a administração municipal seja o caminho para primeiro elaborarmos o projeto e depois buscarmos os recursos necessários. Temos um aeroporto que fica dentro de Jaguaruna, mas não temos o acesso”, lamenta Mário. São 7,8 mil metros de estrada que precisam de pavimentação urgente.

Elaboração de projeto é analisada pela prefeitura
O prefeito de Jaguaruna Edenilson Montini (PMDB) acompanha o caso e pretende iniciar o projeto para pavimentação asfáltica do acesso ao aeroporto. “Entramos em contato com a Amurel para que os engenheiros elaborem. Na próxima semana, vamos a Florianópolis pedir apoio do secretário de Infraestrutura para iniciar os trabalhos”, dispara Edenilson.

Pontes ‘arcaicas’ estão em estado precário de conservação
2

Além da pavimentação da estrada de acesso ao aeroporto, outro problema de infraestrutura entrou na pauta dos vereadores: a situação das pontes de madeira de Jaguaruna. A vereadora Teresa Nandi (PMDB) visitou as comunidades e constatou a péssima qualidade das estruturas. “Tenho percorrido todo o município e sabemos que a situação está crítica. A ponte do Pontão, por exemplo, está intransitável. Fiz fotos e repassei para o prefeito. Alguma coisa precisa ser feita nos próximos dias”, solicita a vereadora por meio de requerimento.
A ponte de madeira sobre o Rio Sangão, na comunidade de Pontão, foi construída há mais de 20 anos e periodicamente recebe manutenção. No entanto, nos últimos tempos a situação se agravou com a falta de troca das madeiras e o constante tráfego de caminhões. A travessia da comunidade de Riacho e a ponte da Jabuticabeira também encontram-se em estado precário, o que dificulta o tráfego entre as comunidades.

Ponte de Congonhas está em fase de conclusão
1

A ponte sobre o Rio Congonhas, em Tubarão, que por muito tempo foi pauta de reivindicação da comunidade, está prestes a ser inaugurada. A construção das cabeceiras iniciou em outubro passado e mantém uma evolução em cada etapa da obra. Na próxima semana inicia o aterramento do lado de Tubarão. A expectativa é que os serviços sejam concluídos no fim deste mês. Com a inauguração da ponte, o problema da ponte da Jabuticabeira deve vir à tona, já que faz parte do acesso à Cidade das Praias.

Prefeito pleiteia recursos para construção de pontes de concreto
As dificuldades de tráfego por meio das pontes de madeira foram vistoriadas pelo prefeito Edenilson Montini (PMDB), que levará os laudos nesta segunda-feira a Brasília em busca de recursos para a construção de novas pontes de concreto.
“Vamos levar os laudos das pontes de Jabuticabeira, Pontão e Riacho no gabinete da Defesa Civil para pedir o apoio na instalação de novas travessias”, almeja o prefeito. Durante a viagem, o gestor ainda irá assinar um convênio para regularização fundiária e convênios de R$ 2,25 milhões para a saúde, R$ 700 mil para a infraestrutura e R$ 250 mil para o setor de turismo. “Até o fim do ano, os recursos conveniados serão repassados para o município por meio das emendas dos parlamentares federais”, informa Montini.