Liliane Dias
Braço do Norte

Desde maio, os produtores de leite da Amurel têm o apoio da Associação dos Produtores de Leite Ouro Branco. A intenção é que haja uma valorização dos produtores, através da união, e a garantia de um melhor preço ao produto.

O presidente da associação, Pedro Bloemer, diz que pretende, mais à frente, efetuar compras em conjunto e promover cursos e reuniões para trocas de idéias. “A venda em conjunto garante ao produtor uma melhor negociação dos valores e a chance de ganhar mais”, explica.

A associação negociou, recentemente, a produção inicial de 2,5 mil litros de leite por dia com uma indústria. Nessa negociação, nove produtores aderiram. “Levamos sempre as propostas para os sócios e a decisão é sempre em conjunto”, afirma Pedro. A instituição, que iniciou com 19 sócios, hoje conta com 25, todos do Vale. Entretanto, deve se estender por toda a Amurel.

Nas questões legais, o presidente afirma que até o fim do mês estará com todos os documentos em mãos. “Estamos com o processo para o CNPJ e, em breve, estaremos com tudo regulamentado. Inclusive, consta no estatuto que a associação é para toda a região”, ressalta.

A associação ainda não tem sede, mas realiza as reuniões mensais no Centro Comunitário São José, em Braço do Norte. “Como não estamos com o regimento interno concluído, não temos ainda valores para adesão, mas em breve estará tudo pronto”. Mesmo assim, os produtores que tiverem interesse em associar-se, podem entrar em contato pelo telefone (48) 3658-2608.

Diretoria da Associação
dos Produtores de Leite

A diretoria da associação de produtores de leite é composta por Pedro Bloemer como presidente; Ademir Beltrame como vice; primeiro e segundo secretários, Luiz Rolhing e Dalésio Schimidt; e primeiro e segundo tesoureiros, Dário Rolhing e Milton Wiggers, respectivaamente.