Tubarão

O Seminário Cultura e Acessibilidade: requisitos para processos de inclusão e o lançamento regional do CD Boi Encantado – uma história cantada, com audiodescrição, de autoria do grupo cultural Encantados Contadores de História ocorrerá nesta quinta-feira (22), a partir das 14h, no auditório da Amurel. A promoção é do próprio grupo, em parceria com o Colegiado de Gestores de Cultura e Turismo da Região, com apoio da Amurel e outras entidades.

O objetivo do evento é proporcionar um debate sobre os requisitos de acessibilidade, no contexto dos produtos e ações culturais inclusivas para o público com deficiência visual e apresentar exemplos de instituições que fazem parte da Rede de Leitura Inclusiva em âmbito regional e nacional. Os Encantados Contadores aproveitam a ocasião para lançar em nível regional o CD Boi Encantado – uma história cantada, com audiodescrição.

O evento é voltado para gestores de cultura ligados ao poder público, produtores culturais, artistas, professores, bibliotecários, profissionais das mais diferentes áreas que desenvolvam atividades inclusivas em entidades públicas ou da sociedade civil e interessados no assunto de maneira geral.

Para a promotora do evento e integrante do grupo, Giselle Paes, o seminário será uma forma de educação cultural para que as pessoas passem a pensar em espaços acessíveis a este público e respeitá-los. 

“A primeira vez conversando com um deficiente visual eu não  sabia como me portar. E é só convivendo com eles que a gente passa a entender o quanto somos falhos e eos excluímos por falta de recusos simpes, como a audiodescrição, por exemoplo”, finaliza Giselle.

Programação

• 14h – Credenciamento e entrega dos CDs para as instituições presentes

• 14h30 – Lançamento do CD Boi Encantado – uma história cantada – cortejo de entrada com audiodescrição e exibição do making of.

• 15h – Composição da mesa de convidados e abertura para as falas. Mediação: Silvana Silva de Souza (Encantados Contadores de Histórias).

• 15h – Salete Cecília de Souza (Programa de Promoção de Acessibilidade – Unisul): Eixos de Acessibilidades e ações voltadas para a inclusão de pessoas com deficiência visual.

• 15h15 – Gláucia Maindra (Biblioteca Pública Municipal Cônego Itamar Luiz da Costa/Imbituba). Desafios da acessibilidade cultural: lacunas existentes na Biblioteca Pública Municipal Cônego Itamar Luiz da Costa.

• 15h30 – Gecioni Maria Miranda da Rosa e Neusa Mendes (Associação Tubaronense de Integração do Deficiente Visual – Atidev) Reabilitação, inclusão e acessibilidade para deficientes visuais.

• 15h45 – Perla Assunção (Fundação Dorina Nowill/São Paulo). Rede Nacional de Leitura Inclusiva: articulação de redes colaborativas como estratégias de disseminação de uma cultura inclusiva

• 16h às 16h45 – Espaço para perguntas

• 16h45 às 17h – Encerramento