Zahyra Mattar
Tubarão

A realidade vivida nas cidades, independente do tamanho, é motivo de grande preocupação aos gestores públicos. E isto não é algo novo, há décadas os problemas são os mesmos. A diferença é que agora a proporção é maior. A Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) foi fundada há 40 anos, nasceu justamente com o intuito de dividir a carga comum.

Ainda que não se trate de uma cooperativa, a Amurel é gerida de forma associativista. As conquistas são para todos. Os problemas são divididos com todos. “Não sei o que faria se não tivesse a Amurel, especialmente no que diz respeito ao desenvolvimento de projetos”, exclama o prefeito de Sangão, Antônio Mauro Eduardo (PP).

A opinião é compartilhada pelo colega José Roberto Martins (PSDB), prefeito de Imbituba e ex-presidente da associação. “Muitas das conquistas foram justamente por conta do Movimento Municipalista, encabeçado pela Amurel. Foi este movimento que trouxe muito mais recursos às cidades do que as próprias ações legislativas e de nossos representantes políticos. A conquista do 1% a mais do FPM, por exemplo, foi a salvação de muitas prefeituras, que estavam à beira da falência”, orgulha-se Beto.

Hoje, a instituição celebra 40 anos de lutas. A comemoração será no Clube 29 de Junho, em Tubarão, às 19h30min. “É uma data que não pode passar em branco. Devemos muito àqueles que nos antecederam”, enaltece o presidente Celso Heidemann (PP), prefeito de Santa Rosa de Lima.