Tubarão

O Grupo de Apoio dos cuidados à psicoeducação do Alzheimer, voltado para os familiares e cuidadores de pessoas com Alzheimer inicia no próximo mês. A iniciativa é dos estudantes Bruna Nasário e Fabrício de Souza, da oitava fase do Curso de Psicologia da Unisul, e faz parte do Estágio em Intervenção em Saúde Mental.

No Brasil, mais de 1 milhão de pessoas vivem com alguma forma de demência. Em todo o mundo, ao menos 44 milhões vivem com demência, tornando a doença uma crise global de saúde que deve ser resolvida.

Os encontros têm início na sexta-feira (5) da próxima semana e mais sete reuniões estão previstas até o final do ano, sempre nas sextas-feiras, das 19 às 20h. O grupo se reunirá no Serviço de Psicologia da Unisul, no piso térreo do Bloco da Saúde, no Campus Tubarão.

O objetivo do grupo é criar um espaço onde familiares e cuidadores possam falar sobre a experiência e criar uma rede de apoio. “Em Tubarão este é o primeiro grupo voltado para estas pessoas. Sabemos que o Alzheimer é uma doença progressiva e que causa muito estresse em quem está ao redor do paciente. Esse estresse também acarreta sintomas físicos, como hipertensão e insônia. Olhando para o cuidador vamos também olhar para o paciente, já que o cuidado que ele vai ter com o portador da doença é influenciado pelo seu próprio bem-estar”, relata Bruna.
Quem quiser mais informações pode ligar nos telefones (48) 99118-0464 (Bruna) ou (48) 99818 – 2397 (Fabrício).