#Pracegover Na foto, dois homens segurando uma folha de papel
Foto: Prefeitura de Capivari de Baixo

Com a intenção de envolver e aproximar a classe artística de Capivari de Baixo, além de dispor, gratuitamente, de um leque de atividades culturais ao cidadão, o prefeito Vicente Costa reativou, a partir deste mês, o Departamento de Cultura no município. Para a direção do importante cargo foi definido o nome do jornalista e servidor de carreira da prefeitura, Álvaro Dalmagro, que assumiu na última quinta-feira (1º).

Nesta sexta (9), ocorreu a primeira reunião entre o chefe do Executivo capivariense e Dalmagro. O encontro foi no gabinete do prefeito e várias ideias já foram debatidas. “Estamos muito otimistas com a reativação do Departamento. Nossa cidade é riquíssima no setor e podemos criar muitos projetos. Vêm excelentes novidades por aí”, garante Vicente.

O setor é um dos braços da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, a qual tem à frente a professora Lenir Willemann, uma das incentivadoras pela retomada dos trabalhos ligados à área. “Estamos muito bem alinhados com as propostas iniciais já elencadas e nos apresentadas pelo Álvaro. Ele tem muito conhecimento nas políticas públicas dispostas à cultura”, destaca Lenir.

O Departamento funciona de maneira temporária no Paço, no entanto, será ativado por definitivo em uma sala no Parque Ambiental Encantos do Sul, entidade que abraçou a ideia e já manifestou ser parceira para futuras atividades criadas pelo setor.

Uma das primeiras iniciativas do diretor recém-nomeado foi elaborar um formulário que servirá para aproximar prefeitura e agentes culturais, artistas e empresas de cultura do município. Com isso, um banco de dados será montado, possibilitando, assim, um fomento à busca de atrações para festividades oficiais, bem como para elaboração de projetos coletivos. Podem se cadastrar artistas de áreas como: audiovisual, artes carnavalescas, circenses e plásticas, capoeira, coral, dança, folclore, literatura, música, produção cultural, teatro, tradicionalismo, entre outros. Basta clicar aqui para fazer o cadastro.

“Minha formação é na área de comunicação, com experiência em docência também, mas a cultura sempre me atraiu. Tanto que, na Amurel, além de assessor de comunicação, sou articulador do Colegiado de Cultura e Turismo desde 2012. O convite para assumir o Departamento me encheu de orgulho. Os fazedores de cultura no município estão há muito tempo no ostracismo, ressentidos devido a então ausência do poder público. Que bom que o prefeito percebeu este vazio, esta necessidade”, observa Álvaro.

Ele destaca que já começou a revisar e trabalhar na atualização da lei sobre o Sistema Municipal de Cultura, em 2015, e que a próxima meta será criar o que é conhecido como CPF (Conselho, Plano e Fundo Municipal de Cultura). “Depois de preparar esta estrutura de leis e normas, estaremos aptos a captar recursos nas esferas federal, estadual e municipal e, enfim, executar projetos que beneficiem os mais diferentes segmentos culturais, pessoas e empreendimentos. O caminho a ser percorrido é muito grande, mas meu entusiasmo e motivação são maiores”, realça Dalmagro.

Sobre o novo diretor de Cultura

Álvaro Dalmagro tem 55 anos, é formado em Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo pela Faculdades Integradas Hélio Alonso (Facha), no Rio de Janeiro, em 1993.

Trabalhou em TV, jornal, revista e rádio como repórter, editor e apresentador, além de atuar em assessoria de imprensa nos últimos 13 anos. Servidor municipal no cargo de jornalista desde 2013, efetivo a partir de 2015.

Pós-graduado em Docência para o Ensino Superior pela Unisul (2006), onde lecionou entre 1999 e 2006, no curso de Jornalismo, assessor de comunicação na Amurel desde 2008, onde também exerce a função de articulador do Colegiado de Cultura e Turismo, grupo que reúne os gestores de Turismo e Cultura dos 18 municípios associados.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul