Na noite deste domingo alunos do Cedup de Tubarão, escola Diomício Freitas, foram ameaçados de morte por um ex-estudante (17 anos). As ameaças aconteceram por meio do WhatsApp em um grupo da sala onde o jovem estudava. 

De acordo com a direção da escola o jovem “tinha problemas de relacionamento com outros alunos e foi transferido na semana passada”. A direção da instituição informou que a Polícia Civil foi até ao local para pegar informações. 

Ainda no domingo à noite a direção da escola teve acesso à conversa no grupo e imediatamente ligou para a Polícia Militar. Antes das aulas já havia uma viatura no local para garantir a segurança. 

A direção do Cedup de Tubarão diz que as aulas continuam normalmente, mas alguns pais foram buscar os filhos e ligam a todo momento pedindo esclarecimentos.

Escola Jovem
As informações de ameaça chegaram ao conhecimento de alunos de outras escolas, como a Escola Jovem, que teve as aulas suspensas na manhã desta segunda. A direção diz que foi decisão dos alunos, que ficaram assustados e que o fato não tem ligação com a Escola Jovem. 

Polícia Militar
Em nota, a guarnição da Polícia Militar diz que atendeu à ocorrência no Cedup por solicitação do diretor, mas afirma que o caso não passa de boatos.