Foto:Divulgação/Notisul
Foto:Divulgação/Notisul

Imbituba

De 18.700 inscritos, dois catarinenses terão a chance de representar sua comunidade no Programa Jovens Embaixadores e passarão três semanas nos Estados Unidos. Maria Eduarda Silvério Gaspar, estudante da EEB João Guimarães Cabral, de Imbituba, e Lucas dos Santos da Silva Cunha, de Navegantes. 

Criado em 2002, o Programa Jovens Embaixadores tem como público-alvo alunos da rede pública de ensino, que se destaquem como exemplos em suas comunidades, em termos de liderança, atitude positiva, trabalho voluntário, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa. Desde sua criação, 467 jovens brasileiros já participaram do programa, que recebe candidaturas de todo o Brasil.

A estudante de Imbituba, de 16 anos, conta que soube do programa por meio de sua professora de língua portuguesa, quando marcada em uma rede social exatamente no dia em que as inscrições para a edição 2017 abriram. “Fiz minha pré-inscrição e quase que no mesmo instante recebi um e-mail informando que havia passado para a inscrição oficial, o chamado Application. A partir daquele momento, senti que deveria continuar o processo e me dedicar realmente”, relata Maria Eduarda.

Em janeiro, os selecionados passarão três semanas nos Estados Unidos, onde conhecerão a capital Washington e seus principais monumentos, participarão de reuniões com organizações dos setores público e privado, oficinas sobre liderança e empreendedorismo jovem, e visitarão escolas e projetos sociais. 

Como parte da experiência, os alunos ainda frequentarão aulas em escolas locais, interagindo com estudantes americanos da mesma idade, participarão de atividades de responsabilidade social e cultural nas comunidades e farão apresentações sobre o Brasil.