#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher, uma cadeira, mesa, microfone
#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher, uma cadeira, mesa, microfone

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa vai encaminhar ao governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e aos secretários municipais de Saúde um documento cobrando uma definição da data para o início da vacinação dos trabalhadores em educação contra a Covid-19. Esse foi o principal encaminhamento da audiência pública realizada na tarde desta quinta-feira (13), na Alesc, com a presença de representantes das secretarias de Estado da Saúde e da Educação e de entidades que atuam em defesa dos professores.

A presidente da Comissão de Educação, deputada Luciane Carminatti (PT), destacou que a decisão da data depende de uma comissão bipartite, que reúne os secretários municipais de Saúde e o governo do Estado. “Esperamos que essa decisão venha logo. Vamos pressionar. Santa Catarina foi o primeiro estado a abrir as escolas, junto com a abertura deveria ter ocorrido a vacina, mas já estamos no quinto mês e não veio a vacina. Se não houver pressão, vai passar a pandemia e ainda estaremos discutindo a vacinação.”

A deputada lembrou que a audiência foi solicitada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (Sinte-SC) e pela Articulação Catarinense por uma Educação do Campo (Acecampo) à Comissão de Educação. Ela destacou ainda que o PT foi autor do Projeto de Lei 2/2021, em tramitação, que inclui a categoria como grupo prioritário no plano estadual de imunização para receber a vacina antes do início das aulas presenciais em todo o território catarinense.

Também foi destacado que os estados de São Paulo, Espírito Santo e Maranhão, além de dezenas de cidades brasileiras, já iniciaram a vacinação dos profissionais da Educação. Durante a reunião que durou cerca de duas horas, vários líderes de entidades representativas dos professores criticaram o retorno às aulas presenciais e a falta de um cronograma de vacinação dos profissionais da Educação.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Alesc