São Ludgero

As chuvas não dão trégua desde os últimos meses de 2008 e continua a castigar. Nos últimos dias 1º e 2, os temporais causaram problemas, como alagamentos, desmoronamentos, entupimentos de bueiros, entre outros. A população tem cobrado uma solução do prefeito Ademir Gesing, o Gogo (PMDB), e o do secretário de obras da prefeitura Bertino Hobold. Os trabalhos são realizados.

Mesmo com as explicações do prefeito e do secretário, os moradores reclamam. Segundo um cidadão, “os alagamentos ocorrem por descaso da prefeitura e das empresas contratadas para executaram as obras”. “Somos pacientes e entendemos quando a chuva é demais. O fato é que não podemos admitir que ruas já pavimentadas e calçadas não possuam drenagem boa para fazer o escoamento da água. Este é o ponto em questão. Estes serviços, quando realizados, precisam ser bem feitos”, relata.
No interior, as famílias também convivem com estradas em más condições. O prefeito entende as queixas. “Entendo as pessoas, que querem os problemas resolvidos de imediato. Mas, é preciso reconhecer que foi muita chuva. Sobre as estradas, trabalhamos e todos sabem que precisamos da ajuda do tempo”.

Após as chuvas, Bertino esteve em vários locais do município e identificou dez onde a situação é delicada. “São bueiros entupidos, alagamentos e desmoronamentos. Em períodos de chuva, dependendo do serviço, só podemos fazer obras de emergência e reparos. Peço um pouco de paciência. Não depende somente de nós”, enfatiza Bertino.
Os funcionários contratados foram demitidos da pasta e, nos próximos dias, os concursados devem assumir suas funções. “Hoje, a frota conta com quatro caminhões, uma patrola, uma pá-carregadeira e duas retroescavadeira”, esclarece.